terça-feira, janeiro 11, 2011

Ainda sobre roupas de baixo


Mas porque ninguém diz nada? Ficamos caladinhas, mudas como orquídeas numa estuva de jardim. Alguém precisa protestar. Tá demais! De uma hora pra outra o mercado foi inundado com produtos e serviços pra requentar casamento.  Personal Sex: 500,00 a hora. Só marcamos consulta com três meses de antecedência.

Outro dia uma amiga me apresentou umas calcinhas segura-marido. Me deu uma gastura só de imaginar usando aquilo. A frente era tão grande quanto o selo postal do Vaticano e atrás tão confortável quanto usar uma lixa de unha. Pensa que se o meu ginecologista me visse nesse estado me denunciava por maus-tratos aos animais, no caso a passarinha.

E o bofe, largado no sofá, vestindo uma samba-canção com a escrita Feliz 1995, está tão preocupado com crise matrimonial quanto pinto no lixo. Uma mão no controle-remoto e a outra que verifica se os pentelhos de hoje eram os mesmos de ontem.

Vejo essa cena triste e filosofo: como é fácil montar na bufunfa com o desatino alheio.

Um comentário:

  1. Só faltou vc falar q estava coçando o saco, literalmente. hahahaha

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...